2 de jun de 2010

ACALeO, Estamos chegando pra anunciar nossa esperança pela vida do nosso irmão PEDRO YAMAGUCHI FERREIRA... Que Deus, todos os Santos,os Orixás e os deuses de todos os credos dêm força pra nossos amigos Paulo e Alice (pai e mãe do Pedro).

Notícia do blog do Paulo:

O deputado Paulo Teixeira está, neste momento, em São Gabriel da Cachoeira, no estado do Amazonas, por conta do desaparecimento de seu filho mais velho, Pedro Yamaguchi Ferreira.
Pedro, que tem 27 anos, está na Amazônia desde fevereiro deste ano atuando como advogado da Pastoral Indigenista na diocese de São Gabriel, que fica na região conhecida como Cabeça do Cachorro, no extremo noroeste do Brasil.
Ontem (1º de junho), antes do almoço, Pedro saiu para tomar um banho nas águas do Rio Negro, e não retornou para casa.
O deputado foi à região acompanhar as buscas, que se iniciaram no dia de ontem e estão sendo realizadas pela Marinha e pelo Exército brasileiros.
Paulo Teixeira e familia, assim como sua assessoria, agradecem a compreensão e o apoio recebidos, contando com a oração de todos.

http://www.pauloteixeira13.com.br/

Antes de mudar para o Amazonas Pedro publicou este texto:

Pedro Ferreira será advogado da diocese de São Gabriel da Cachoeira (AM)

Pedro Yamaguchi Ferreira
Familiares, amigos e amigas: Como alguns já sabem, estou indo no final do mês morar na Amazônia, para trabalhar como advogado numa experiência missionária com a diocese de São Gabriel da Cachoeira, cidade localizada na região conhecida como Cabeça do Cachorro, estado do Amazonas.
Essa decisão é fruto de um antigo desejo de viver mais profundamente na realidade social de nosso País, de sentir na pele o que as pessoas mais simples e esquecidas sentem. A partir dessa partilha, colaborar para a transformação da realidade.Um pouco dessa verdade nua e crua eu percebi-nos 3 (três) anos que estive na Pastoral Carcerária. Ali pude sentir que o Brasil do papel e dos direitos da Constituição ainda está léguas distantes do que acontece para o cidadão pobre e miserável, mesmo no estado mais rico do País, que é São Paulo. Nossa riqueza ainda é pouquíssima distribuída. E os efeitos que disso decorrem são tristemente sentidos.
Gandhi diz: “Temos de nos tornar na mudança que queremos ver”. Ou, você deve ser para o mundo aquilo que você quer que o mundo seja. Acho que esse sentimento resume minha decisão.
Enfim, gostaria de dividir com vocês esse momento e poder renovar a amizade e a esperança.
Faremos uma celebração em forma de missa (missa de envio), no dia 25 de fevereiro, quinta-feira, às 19:30h, na Igreja Nossa Senhora da Boa Morte, na Rua Tabatinguera, 301, esquina com Rua do Carmo, pertinho do metrô Sé, da quadra dos bancários.
Será uma missa diferente, mais adequada para a ocasião.
Como não estou com celular e não tenho o email de muitos amigos e amigas, peço, por favor, que estendam a eles este convite.
Ficarei muito feliz com a presença de vocês. Reservem em suas agendas.
Este artigo foi publicado de segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010 às 1:42, e arquivado em Direitos Humanos.

Nenhum comentário: